quinta-feira, 31 de março de 2011

Fernando Rubino conquista o 5º lugar





No 5º Circuito de Short Triathlon Santa Cecília , que aconteceu no domingo, 27/03, na Praia dos Milionários em São Vicente, litoral de São Paulo, Fernando Rubino, o Fernandinho, que voltou a treinar e competir este ano, já foi para o podium em sua 2ª prova conquistando o 5º lugar em sua categoria.

Uhuu! É isso aí triatleta! Parabéns!



sexta-feira, 25 de março de 2011

Novos índices para a Maratona de Boston

Confira aqui! Mais informações no site: http://www.baa.org/Races/Boston-Marathon/Participant-Information/Qualifying.aspx

Age Group

Men

Women

18-34

3hrs 05min 00sec

3hrs 35min 00sec

35-39

3hrs 10min 00sec

3hrs 40min 00sec

40-44

3hrs 15min 00sec

3hrs 45min 00sec

45-49

3hrs 25min 00sec

3hrs 55min 00sec

50-54

3hrs 30min 00sec

4hrs 00min 00sec

55-59

3hrs 40min 00sec

4hrs 10min 00sec

60-64

3hrs 55min 00sec

4hrs 25min 00sec

65-69

4hrs 10min 00sec

4hrs 40min 00sec

70-74

4hrs 25min 00sec

4hrs 55min 00sec

75-79

4hrs 40min 00sec

5hrs 10min 00sec

80 and over

4hrs 55min 00sec

5hrs 25min 00sec

quinta-feira, 24 de março de 2011

Começa o ano para o Triathlon. E logo na primeira etapa, 5 troféus para atletas Run&Fun



Nem o tempo ruim deteve nossos triatletas. O tempo não colaborou: ciclismo e corrida foram embaixo de chuva e a natação com neblina junto ao mar "mexido". Nem o tempo ruim conseguiu deter nossos triatletas. A primeira etapa do Troféu Brasil de Triathlon foi marcada por muitos exemplos de superação dos nossos atletas: Dos 12 Run&Fun que participaram da prova, 5 subiram ao pódium: Fábio Barbagli (que não competia há quase um ano) e Adrianna Baffa foram os primeiros em suas categorias; Flávia Bellini e Aline Gomes chegaram em terceiro lugar e Cláudio Gusela, conquistou o 2º lugar.Karine César e Fernando Santos completaram sua primeira prova de triathlon.

O treinador Arthur, que esteve lá o tempo todo, conta que além dos troféus, "ainda tivemos quebras de recordes nos tempos pessoais nos 10 km: Aline, Gusela e Adriana. Aline ainda baixou o tempo de prova em 15 minutos". Para quem acha pouco, 15 minutos a menos para um triatleta que treina pesado 3 esportes, equivale a 24 horas de uma pessoa "comum"! Exageros à parte, é realmente uma marca muito significativa.

"Outro atleta que também estava super feliz, foi Fernando Rubino que há pouco tempo retornou ao Brasil e não competia há mais de dois anos. Parabéns Fernandinho! É isso aí!", comemora Arthur.

Mais informações e resultados www.trofeubrasil.com.br
























Circuito das estações- Etapa Outono - BH


Foi no domingo, 20/03, no tradicional circuito da Lagoa da Pampulha, que 60 atletas mineiros Run&Fun se juntaram a incrível multidão de 7 mil corredores.


Nos conta o treinador Alberto que todos os atletas terminaram a prova super bem, e destaca José Luiz Guelber, Hebert Vilaboim e Anderson Lopes que baixaram seus tempos em prova. Também foi dia de estréia: Luciana Rodrigues fez sua primeira prova muito bem e com um bom tempo.


O treinador ainda reafirma a importância da disciplina nos treinos: "é notável a evolução dos atletas que seguem com disciplina os treinos semanais. Estamos em período de “pico” na periodização dos treinos de 10k."


É isso aí galera. E o ano só está começando!

terça-feira, 22 de março de 2011

De bike pelo sul da Bahia.

Nanna Preto, atleta Run&Fun, aproveitou o feriado de Carnaval para completar, junto com seu marido, sua primeira "cicloviagem". Percorreram mais de 150 km pelo Sul da Bahia, vencendo a combinação areia fofa + sol + calor. "Mas cada minuto valeu a pena", conta Nanna.

Recebemos as fotos aqui publicadas através de um e-mail enviado, por Nanna, ao Mario Sergio, nosso Diretor. Ficam aqui também, na sequência, as palavras que as acompanharam no mesmo e-mail: "Quero muito agradecer ao Chicão, pelo apoio e incentivo em cada momento de treino. Ele foi essencial na hora de conduzir meus treinos, de priorizar a bike e não a corrida, com toda a paciência e dedicação de sempre. Ao Daniel que me lembra sempre de cumprir as planilhas na academia, quando Gabriel não me deixa acordar às 5 da manhã para ir ao Jóquei; ao Arthur pelas dicas com a bike, peso, equipamento, etc. Em especial a você, por me proporcionar tudo isso, há mais de 6 anos, na Run & Fun."

(Se emoção pura pudesse ser descrita de maneira objetiva, aqui seria o parágrafo de fazê-lo.)

Somos nós que agradecemos Nanna. Suas palavras enchem nosso peito de alegria e nos fazem sentir a maior satisfação que o nosso trabalho pode nos proporcionar. O mérito é definitivamente todo seu, e é realmente incrível sabermos que fizemos a diferença na sua conquista.

Valeu!










segunda-feira, 21 de março de 2011

Guilherme Lima, atleta Run&Fun, saiu correndo de casa para o trabalho. Literalmente.





Confira a aventura do atleta pelas marginais paulistanas*, em um trajeto de 5,5 km e o que ele tirou como lição da experiência.


Durante esta semana tive vir que para o escritório em horários que não estava acostumado e o padrão de transito caótico. Em todos os dias foi pelo menos 1:10h dentro do carro num trajeto de 6,8km. Patético.

Hoje em função de uma reunião interna que teria às 9:30h e tb por ser sexta feira, resolvi vir andando. Simples assim. Botei um par de tenis no pé, uma camiseta de Dry-fit e Rua!

Sai de casa às 8:30h com objetivo de cumprir os 5,5km (por ser a pé, o trajeto é menor) em menos de 1h. Durante o caminho o que vi, foi um descaso total com qualquer pessoa que queira andar. Não tem uma calçada no percuso Ponte João Dias-Ponte do Morumbi (sentido Interlagos), lixo+lixo+lixo. Tudo isso soma-se ao fator perigo de virar pastel de asfalto, sendo atropelado por um onibus bi-articulado.


O que fui percebendo enquanto estava pela Marginal, é no percurso, a fumaça se fazia muito presente e o barulho muito alto. Por isso, no gráfico “Caminhada Saudável X CO2 na cara” o saldo foi negativo, porém cheguei em 52 minutos e com tempo de sobra. Meia hora antes se viesse de carro comparado a média da semana.


Mas foi legal pra conhecer um pouco mais dessa cidade contagiante. Deu pra sentir nas veias a agitação de uma cidade que nunca dorme e nunca para. E tb pela atitude de deixar o carro em casa em colocar menos poluição no ar.

Não sei se faço isso novamente. Pelo menos enquanto não colocarem calçadas no mínimo.

Isso só me estimulou a lutar pra ter uma cidade mais organizada e mais planejada. Pode ter certeza que vou levar isso adiante.


NÃO RECOMENDO ISSO A QQ PESSOA.


P.S: para aqueles que se preocuparam com suador, não se preocupem. Experimentem o Natura Banho de Gato. Resolve muito neste tipo de situação.


* O relato e as fotos foram publicadas no perfil de Guilherme no Facebook em 18/03. Sua reprodução, aqui neste blog, foi autorizada pelo autor!




segunda-feira, 14 de março de 2011

Simulado de Triathlon no Riacho Grande





No sábado, 12 de março, 13 atletas Run&Fun participaram do 1º simulado de triathlon da R&F no clube dos Borracheiros, localizado no Riacho Grande.

Como conta o treinador Arthur, "este foi o 1º simulado realizado ao sábado, com o objetivo de sair do grande fluxo de ciclistas e corredores da USP, assim também como realizar uma transição diferente da água para bike, que muitas vezes não é treinada devido à falta de local".

Com clima perfeito para a realização do treino,
sem chuva, sem vento e calor, o atleta Fernando Oliveira Santos fez seu primeiro triathlon e foi super bem. Destaque também para Roberto Fragoso, que fez uma distância mais longa,totalizando quase 5 horas de treino.

Parabéns a todos os atletas que estiveram presentes no simulado!