terça-feira, 27 de setembro de 2011

Corrida Paris - Versailles: Marcelo Menezes esteve lá!

No domingo, 25 de setembro de 2011, às 10h, o atleta Run&Fun Marcelo Menezes fez sua estréia em provas internacionais. A escolhida foi a belíssima Paris - Versailles e é da "cidade-luz" que ele compartilha conosco sua experiência. Boa leitura!

"A largada é aos pés, literalmente, da Torre Eiffel. Largavam 700 corredores a cada 30 segundos e esse número era controlado por voluntários. Largaram mais de 15.000 pessoas.

Estava sol quando largamos com quase 22oC e a previsão indicava temperatura de até 27oC. Tomei a liberdade e corri com a camisa da Run&Fun. A corrida é bem tranquila e plana até o km 6. Estava me sentindo bem, e estava com tempo de 2 min abaixo do que tinha previsto.

Aí, meu camarada, o bicho pega!!!!

Tem uma subida de 3 km insana. As Paineiras, na subida para o Criso Redentor, no Rio, não chega aos pés. O vídeo da prova não representa a verdade dessa subida. Muita gente andando, alguns até parando. Dei uma diminuida no ritmo, porque a namorada começou a passar mal e ela passou a andar nessa subida.

Depois de corrida, conversei com um casal de SP, que me disseram que na São Silvestre, a subida da Brigadeiro Luis Antonio não é nada perto desta subida. 

Depois dessa subida, chega-se a entrada de uma floresta, que vai quase até o final. O que atrapalha um pouco é que a largura da trilha é um pouco estreita para o número de gente correndo. As vezes, você leva um esbarrão ou outro. Vi gente caindo, depois de tropeçar em outros. Além disso, o piso varia. Corre-se em paralelepípedos, terra e asfalto. Há um trecho de quase 1 km de subida dentro da floresta.

Quando acaba a floresta, chega-se em Versailles. Eu ja tinha perdido um pouco do medo da namorada não aguentar chegar e deixei-a, procurando diminuir meu tempo.Há uma rotatória, ou como preferem outros, uma rotunda, chegando em Versailles. Nessa hora, estavamos por volta de 14,7 km.

Bem, resumindo, fiz um tempo de pouco mais de 2 h, o que me decepcionou um pouco, mas se levar em conta que a namorada passou mal e depois ainda tive que socorrer o cara que caiu no meu colo, acho que valeu.

Na verdade, valeu a pena, já que foi a estreia em provas internacionais."


Concordamos com você Marcelo: claro que valeu a pena. E a foto abaixo, do local da chegada, pode confirmar isso não?



Nenhum comentário:

Postar um comentário