sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Como nossas crianças podem nos ajudar a ganhar saúde?


Recentemente no Congresso Europeu de Cardiologia, uma pesquisadora brasileira ganhou destaque com uma pesquisa inusitada. Ela estudou por um ano mudanças nos indicadores cardiovasculares de pais de crianças de escolas públicas de Jundiaí (SP), aplicando um programa educativo multidisciplinar sobre estilo de vida saudável nos estudantes da faixa etária de 6 a 10 anos.

As crianças e seus respectivos pais foram divididos em dois grupos e acompanhados por um ano. Os grupos receberam, no início do estudo, material educativo por escrito sobre reeducação alimentar, importância da atividade física regular e interrupção do tabagismo. As crianças do grupo de intervenção, juntamente com seus pais, receberam um programa educativo semanal com atividades esportivas, jogos, filmes, atividades multidisciplinares com nutricionistas, educadores físicos, psicólogos, médicos, enfermeiros e aulas de culinária saudável.

No início do estudo, 15 pais (9,3%) no grupo controle e 11 pais (6,8%) no grupo de intervenção tinham um risco intermediário/alto (risco > 10% de doença cardíaca coronariana nos próximos 10 anos). Depois do programa, houve uma redução de 91% no número de pais com um risco intermediário/alto no grupo da intervenção (um pai com um risco >10%) em comparação com uma redução de apenas 13% no grupo controle (13 pais com um risco >10%).

Promover a saúde é sem dúvida a melhor de forma de prevenir as doenças cardiovasculares. Educar nossas crianças nesse sentido é investir na saúde não só deles, mas na nossa também!!! Comentem isso nas reuniões escolares; Sugiram programas educativos visando a melhoria dos indicadores de saúde. O coração agradece!

Boa semana para todos nós !

Henrique Grinberg

Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia e pelo Instituto do Coração – HC-FMUSP
Médico Cardiologista do Hospital Sírio Libanês – SP e do Hospital Nipo Brasileiro - SP
henrique.grinberg@hotmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário