terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Alerta!


Mais uma semana em que o mundo do esporte faz um minuto de silêncio. Dessa vez o ocorrido foi muito próximo de nós. Na cidade sede das Olimpíadas de 2016, um atleta das categorias de base do futebol do Vasco da Gama faleceu subitamente, aos 14 anos, durante treinamento na sede do clube. Provável causa: arritmia cardíaca maligna.

O acontecimento assusta qualquer um, mas serve de alerta para todos nós da importância da avaliação clínico-cardiológica antes do início das atividades e a manutenção do seguimento. Nossa, 14 anos?! Algumas doenças cardíacas silenciosas com potencial arritmogênico no esforço podem se apresentar nas primeiras décadas de vida, derrubando aqueles pensamentos, "sou muito jovem e não sinto nada para ir ao médico" ou "pede para o seu amigo médico me arrumar um atestado que a academia está exigindo".

É recomendação obrigatória da Sociedade Européia de Cardiologia a realização de avaliação clínico-cardiológica para iniciar atividade física em todas as pessoas, inclusive jovens menores de 35 anos. A avaliação é simples e baseada no tripé clássico da Cardiologia, história (anamnese), exame clínico e eletrocardiograma de repouso. Essa avaliação pode reconhecer condições cardíacas silenciosas que impeçam o atleta de realizar exercícios competitivos, propor tratamento e protegê-lo contra um evento maligno que culmina em morte. Até a novela da Globo abordou o tema recentemente com um atleta de MMA. Há controvérsias de como foi apresentado o tema, porém os detalhes não importam.

Portanto faça sua avaliação médica regular e exercite-se sem preocupação.

Boa semana a todos!

Henrique Grinberg
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia e pelo Instituto do Coração – HC-FMUSP.
 Médico Cardiologista do Hospital Sírio Libanês.
henrique.grinberg@hotmail.com

quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

Triathlon Internacional de Santos, por Alexandre Bovenzo

O dia estava perfeito: céu azul, mar calmo, trânsito fechado para o evento. A natação foi fácil perto do que eles teriam que enfrentar pela frente... Não bastassem os 40 km de bike na Rodovia Anchieta, ao final ainda teriam que encarar os 10 km de corrida sob quase 32º C. Todos atletas da prova sofreram muito por 2 motivos: primeirodevido ao calor e também por ser o início de temporada e ainda não estarem em seu melhor condicionamento fisico. Para muitos, esta prova pode ser considerada como um treino com foco nos campeonatos que teremos pela frente.

Destaques Run&Fun na pista:

* Victor Carmagnani fez um excelente tempo total de prova, mostrando que está em ótima forma. Neste mês o atleta foi destaque em uma reportagem na mídia, falando sobre sua entrada no esporte e como abandonou de vez a obesidade.

*Carlos Eduardo nadou muito bem, superando qualquer insegurança.

*Fernando Santos fez uma excelente corrida.

*Max Dumas, fez revezamento com os dois filhos, e pedalou muito forte para cumprir os 40 kms de bike.

*Samuel Seibel chegou em 4º lugar na sua categoria.

Silvio Camargo e eu estivemos presentes no local dando todo apoio aos atletas, desde o sábado quando aconteceu a retirada dos kits. Com toda a estrutura Run&Fun montada na praia desde as 5h15 da manhã conseguimos 100% de atendimento aos nossos atletas - direcionamento com relação a ritmo de prova, ajuda com os kits para a transição, água durante a corrida, etc..

Todos terminaram muito felizes, e, o mais importante: deixam claro que querem melhorar a cada dia. É isso aí, temos muito trabalho pela frente pessoal! Preparem-se: dias 11/03 temos a 1ª Etapa do Troféu Brasil em Santos e no dia 18/03 o Duathlon Terrestre em Alphaville, com existe a categoria revezamento.



Alexandre Bovenzo é Treinador da Run&Fun Assessoria Esportiva.



Resultados oficiais:
Triathlon Internacional de Santos - 05 02 2012
Nome
Categoria
Col.Categ.
Natação 1,5k
Ciclismo 40 k
Corrida 10 k
Tempo Final
Carlos Eduardo
Masc. 30/34
86º Lugar
29'35"
1:04'53"
57'00"
2:31'29"
Fernando Santos
Masc. 35/39
52º Lugar
29'45"
1:09'05"
41'37"
2:20'27"
Marcelo Storto
Masc. 35/39 
117º Lugar
29'31"
1:21'16"
54'09"
2:44'58"
Samuel Seibel
Masc. 55/59
4º Lugar
29'52"
1:24'42"
49'48"
2:44'22"
Victor Carmagnani
Masc. 30/34
21º Lugar
25'15"
1:03'10"
42'53"
2:11'19"
Alina/Max/Julian
Revez. M
11º Lugar
23'41"
1:00'59"
52'36"
2:17'17"

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

Se mexam!

Pesquisadores publicaram no Jornal Europeu de Cardiologia um estudo envolvendo pessoas de vários países com o objetivo de mensurar o impacto na saúde cardiovascular de indivíduos sedentários. Esse estudo concluiu que o sedentarismo é um fator de risco universal para as doenças cardiovasculares, em especial para as doenças isquêmicas do coração (angina e infarto agudo do miocárdio).
 

O estudo conseguiu associar (não entendam como relação causal) inatividade com aumento do risco cardiovascular e alguns marcadores interessantes se associaram ao risco. Possuir televisor e/ou carro teve maior associação com o risco de problemas cardiovasculares por serem mais sedentários do que pessoas que não assistem televisão e/ou usam o carro. 

Essas pessoas são mais ativas no seu dia a dia e se movimentam mais para se divertirem e se deslocarem.
 

A recomendação final já é conhecida por todos nós, exercitem-se, se mexam, evitem ficar parados e inativos, o seu risco cardiovascular está aumentando. Os estudiosos recomendam subir escadas no trabalho em vez de esperar o elevador, caminhe quando puder evitar o carro, exercite-se e evite ficar sentado horas na frente da televisão muitas vezes comendo calorias em excesso.
 

Esse texto nos mostra a importância dessa simples intervenção de baixo custo na saúde da população mundial e a preocupação dos cardiologistas (publicação recente, janeiro de 2012 em Jornal de alto impacto científico) com cerca de 40 – 70% de sedentários distribuídos pelos quatro cantos do mundo.





Dr. Henrique Grinberg
Especialista em Cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia e pelo Instituto do Coração – HC-FMUSP
Médico Cardiologista do Hospital Sírio Libanês – SP e do Hospital Nipo Brasileiro - SP
henrique.grinberg@hotmail.com